http://www.makepovertyhistory.org

quinta-feira, junho 09, 2005

Curtas



Dogville(2003)- Uma vez mais o Turturador Von Trier. Mostruosa construção crescente que nos conduz, inexoravelmente, ao choque final. Foi assim nos outros, foi assim no Dancer... é assim no DogVille. A Nicole mostra o que vale (muito) e mostra como é uma Senhora do mise-en-sene. Mais coisas que gostei: Trabalho inovador no conceito. Trabalho de camara à-lá-Orson Welles. Paul Bettany como Tom. Udo Kier a fazer de Gangster sem uma única linha de discurso! Volte-face (ou Turn Around) final que nos mostra como o realizador sabe bem o que faz.



A Cor do Dinheiro(1986) - Recuperação do imaginário juvenil que já vi umas quantas vezes. Tal como a muitas outras pessoas da minha idade foi este filme que nos pôs a jogar Snooker que nem uns malucos (e este pensamento leva-me a uma teoria engraçada*). É um filme que lida com o jogo, com o relacionamento e com o jogo de egos. O engraçado é que pensava que não ia ter mais surpresas para mim... mas cada vez que o vejo, a minha interpretação do que se passa na cabeça das personagens e a forma como encaram a vida torna-se sempre diferente. E é aqui que se mostra a mestria do Scorsese. De outra forma seria apena um filme giro.
Mais coisas que gostei: Descobri o Iggy Pop lá para o meio ;)

*(Fantasia, Snooker, Aviões, Vampiros... até parece que o Tom Cruise influenciou o meu crescimento, LOL)



Vinho do Porto Branco - Mais conhecido como Porto White
Há 20 anos foi criado um drinque à base de Porto White, trata-se do Porto de Verão ou Portonic: uma dose de Porto Branco num copo de Long Drink, 3 pedras de gelo, uma rodela de limão e completa-se com água tónica.

1 Comments:

Blogger Dragffys said...

Como já sabes não gosto do torturador.
Quanto à Cor do Dinheiro, subscrevo tudo o que escreveste!
Porto branco... gostei da ideia... tenho cá um vintage em casa que vai ser submetido a uns testes! lol

9:49 da manhã, junho 10, 2005  

Enviar um comentário

<< Home