http://www.makepovertyhistory.org

quarta-feira, abril 20, 2005

The Beekeeper

Orgulho
Faz por agora 10 anos que vivo a magia de uma paixão que não perdeu sentido.
Quando sou obrigado, pelo desenrolar da conversa, a depurar os artistas que são "mesmo, mesmo, mesmo" da minha eleição, faço passagem obrigatória pela Rainha das Fadas: - Tori Amos.


Desconhecida para grande parte da cultura europeia a Tori faz apenas passagens breves pelos Charts. Pela complexidade e densidade dos albums que compõe, e/ou pela forma como associa as palavras às melodias, muitas das vezes não se consegue 'tirar' mais do que um ou dois singles para o mercado de grande consumo. Mas acreditem que vale bem a pena devorar uma audição completa de cada um dos discos editados... e eu ja devo ir na 20ª audição do último!

Chama-se The Beekeeper e é o regresso a um album feito na totalidade de 'canções'. Mas tal não significa obrigatoriamente um distanciamento da musicalidade caracteristica das faixas de indole melódica/instrumental de trabalhos anteriores, pelo contrário, consta que lhe ofereceram um Hammond B3 (orgão), e a juntar ao habitual Bosendorfer (piano), consegue misturar tudo numa nova/antiga músicalidade que só tem a ganhar... nota 4/5 (tenho o Little Earthquakes como referência).

2 Comments:

Blogger sofia. said...

Também gosto. A voz dela é tão mágica!...

11:27 da tarde, abril 22, 2005  
Blogger Dragffys said...

É impressão minha ou melhora mesmo com a idade?
;)

8:10 da tarde, maio 15, 2005  

Enviar um comentário

<< Home